segunda-feira, 16 de julho de 2007

O Leão, a Pastora e o Guarda-Roupa

Ana Paula Valadão, vocalista do Diante do Trono imita leão em um show em Anápolis (GO). Matéria retirada do site do Pr. Caio Fábio.

Saímos para a ministração às 16h. Me vesti de acordo com o que o Espírito colocou em meu coração. Um vestido de veludo azul que comprei há mais de 10 anos no Seminário em Dallas. Um cinto preto largo com “cara” de autoridade. Botas pretas, assim como na última viagem em Florianópolis, com essa mesma mensagem de força, poder, autoridade, e conforto necessário para pular e pisar com força, profeticamente, na cabeça do diabo. Meu cabelo, cacheado, restaurado como no princípio. Meus brincos comprados em Israel, e o anel com a pedra ametista que ganhei quando eu nasci. Olhei para mim mesma no espelho e vi uma guerreira.Tivemos um tempo de oração precioso no camarim atrás do palco. Foi interessante o peso espiritual que queria vir sobre nós.

Todos se levantaram e resistiram. E foi contagiante a alegria que nos encheu. Senti como se em meu corpo minhas forças estivessem sendo sugadas, sem forças para respirar fundo, muito menos cantar. Mas no meu coração havia confiança de que tudo iria se romper.O CTM ministrou e foi muito bom. É tremendo para mim ver esta nova geração, em especial a Marine, em quem tenho acreditado e investido. Depois deles comecei, e instante após instante senti a direção do Espírito me guiando e dando as palavras certas, as melodias espontâneas, a unidade entre a equipe. Ainda que muitas vezes me esforçasse, rompendo pela fé, agindo com força, sentindo fraqueza.

As pessoas estavam totalmente abertas, sedentas, participando, cantando tudo. O evento foi no estacionamento da Uni Evangélica, que mais tarde fique sabendo que é ultra tradicional. Graças a Deus não me disseram isso antes, e não me intimidei em nada.Quando a Helena ministrou “Lugares altos” trouxe uma palavra sobre Joás e Eliseu, e o episódio da “Flecha da vitória do Senhor”. Mal podia imaginar que o Senhor estava ministrando a intensidade e a fé no ato profético, que eu iria precisar mais à frente.Houve um momento em que fez um “clique”. Uma mudança na atmosfera. Depois da música “Manancial” comecei a receber palavras proféticas em meu coração para liberar sobre as cidades de Goiás ali representadas. Foi muito forte.

A música acompanhou. Nunca antes havia visto os músicos, especialmente o Bruno na bateria, e o teclado, que agora é tocado pelo Vinícius, com tanta unção, poder e unidade. Recebi a direção de palmas. A multidão ia junto comigo, quando de repente a Zê chegou perto de mim e disse que estava vendo o Leão, com os pés em fogo, ali no palco. O poder de Deus era palpável, e as palavras proféticas continuaram. Um cântico espontâneo sobre o Cordeiro e o Leão marcou para sempre a minha vida. E a unção de autoridade foi ministrada sobre nós, sobre a Igreja de Anápolis. De um estado de fraqueza, passamos à força. De intimidação à ousadia. Ao mesmo tempo em que nos levou a um refrigério e descanso que como ovelhas do Sumo Pastor podemos experimentar.De repente, começamos a celebrar, mas foi diferente. Eu saltava e parecia que estava em um trampolim, uma cama elástica.

Se antes pulava para romper, agora eu me sentia voando, pulando muito alto, minhas pernas esticadas iam alto, ao menos essa era a sensação, mas depois outras pessoas confirmaram. O vento nos meus cabelos e a sensação era de pulos muito altos. Eu sabia que algo diferente estava acontecendo. Quando pulei uma última vez, senti que era para me assentar. Não sabia se teria forças para me levantar outra vez. Foi quando senti o impulso, me agachei e comecei a andar como o Leão.Pensamentos vieram à minha mente. Eu disse ao Senhor: “É… agora a minha reputação acabou. Agora vou ver quem vai ficar comigo”.

Mas prossegui, consciente do que estava acontecendo, e senti a direção até mesmo de onde eu deveria ir.Quando parei, não sabia como ou que fazer ao me levantar. Ainda no chão, me ergui de meio corpo e gritei: “Um brado de vitória ao Senhor”, (sem saber se alguém responderia), e o som foi poderoso. A música terminou grandiosamente. Era o Leão da Tribo de Judá. Relato da Ana Paula Valadão no blog do Diante do Trono s/ a ministração ocorrida em Anápolis.

Fonte: http://www.caiofabio.com.br/

Para ver o vídeo, clique Aqui.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim. João 15:26

Um comentário:

  1. monica cordeiro manso15 de maio de 2008 15:08

    Amo no nome de Jesus nossa Irma e querida Ana Paula o trabalho que ela faz o faz com muita propriedade pois ela tem um jamado dado por Deus o ministerio DT é uma bençao não so para o brasil mais para o mundo Sei que Deus a chamou para arrebanhar multidões a Cristo sabemos que o diabo fara o possivel para impedir o projeto de Deus da vida da Ana Paula porem sei que Ela Ana Paula sabe quem ela é e para que ela foi chamada. Com certeza o DT sabe da sua importancia no reino de Deus e que nada podera ofuscar a certeza do seu chamado o diabo jamais podera prevalecer contra a igreja do Senhor Jesus Ana nos te amamos e que a unção de Deus estar sobre ti para isto foste chamada para obedecer ea Deus e apregoar o ano aceitavel do Senhor continue marchando mesmo chorando com certeza tu voltaras com alegria trazendo seus feixes... O SENHO E COM VOCE HOJE E SEMPRE e nós como corpo vivo que somos em Cristo estaremos orando por voce.TE AMAMOS!!!!!

    ResponderExcluir

Você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...