segunda-feira, 4 de junho de 2012

Desigrejados! Por que tantos desanimam e desistem da fé em Cristo?

"Conforme se diz, a igreja de Jesus Cristo é como a arca de Noé: o mau cheiro de dentro seria insuportável se não houvesse uma tempestade do lado de fora". [Charles Colson]
É crescente o número dos “sem-igreja”. O que antigamente chamávamos de “desviados” ou “ex-cristãos” agora chamamos de “desigrejados”. Essas pessoas ainda consideram que vivem a fé em Cristo, mas que podem se dar ao luxo de desprezarem a Igreja. Os desigrejados defendem que a fé cristã pode ser exercida fora da comunhão eclesiástica. É uma espécie de individualismo radical manifesto como a “comunhão sou eu” ou “eu tenho em comum comigo mesmo”. 

A igreja nunca foi e nunca será (nesta terra) um ambiente de notáveis cidadãos perfeitos. A igreja não é uma reunião de anjos, mas sim uma reunião de pecadores em busca de redenção. Sim, há comunidades melhores e piores, mas você nunca encontrará uma perfeita. Portanto, a busca pelo “cristianismo autêntico” é nobre, mas quando esquecemos que ainda estamos no mundo podemos mergulhar em uma espiral de decepção com a instituição chamada igreja. A maior prova que a igreja não é perfeita é o nosso espelho. Ora, se a igreja é formada de homens, logo...

Portanto, se eu me tornar um desigrejado porque só vejo imperfeições nas instituições, logo sou duas coisas: a) um idealista que não pisa o pé no chão e ignora a própria imperfeição ou b) alguém que usa isso como desculpa para justificar o seu abandono da fé com ares de heroísmo e zelo pela “essência do cristianismo”.

Quando leio o final do Sermão do Monte (cf. Mateus 7. 24-27) fico a pensar que o fenômeno dos desigrejados é mais uma consequência do esvaziamento do púlpito cristão associado aos pressupostos contemporâneos. É o casamento perfeito entre uma igreja divorciada do compromisso doutrinário com a cultura da egolatria. É a insensatez com ar de militância e sabedoria. Além disso, é uma forma de dizer “eu sou igreja”, mas eu não preciso compartilhar com ninguém. Infantil? Sim, a infantilização é marca crescente na sociedade.

A Igreja Cristã sempre teve em seu meio pessoas que a deixaram. Alguns com sérias justificativas e outros nem tanto. O que temos de novo é o não-reconhecimento do abandono. Hoje, os desigrejados acreditam que o rompimento completo com qualquer igreja institucionaliza ou um grupo eclesiástico não-institucionalizado é revolucionário. Assim, para eles, o romper com a igreja visível é abraçar sinceramente a Igreja invisível.

É bem verdade que precisamos romper com muitas instituições para não perdemos o foco de Cristo. É também verdade que muitas igrejas institucionalizadas mais nos afastam do que nos aproximam do Evangelho. Tudo isso é verdade. Mas é um retumbante exagero achar que é possível viver a Igreja invisível e não buscar um grupo para compartilhar a comunhão cristã.

No quadro abaixo temos as principais causas do movimento dos “desigrejados”. Vejamos:


1. Acreditar, por ingenuidade ou conveniência, que existem igrejas perfeitas e, portanto, o desigrejado precisa abandonar as comunidades imperfeitas.

2. Uma baita dose de orgulho. A maioria dos desigrejados acusam as comunidades cristãs como ambientes hipócritas. Será que eles são a essência da transparência e da sinceridade?

3. A Síndrome de Elias é outra explicação para o crescimento dos desigrejados. Muitos acham que são o único remanescente justo que sobrou neste planeta.

4. Abraçar radicalmente o individualismo como uma forma de “comunhão comigo mesmo”. O homem é essencialmente social e com isso não quero dizer que devemos abraçar coletivismos.

5. O movimento é parte, também, da cultura evangelical emergente. Hoje, muitos acham que falar de Deus e de artes enquanto tomam café no Starbucks é um exercício de culto e a formação de uma igreja.

6. As mídias são ótimas ferramentas de divulgação do Evangelho, mas alguns substituíram o ambiente eclesiástico pelos cultos eletrônicos. Ora, é fácil ser “membro” de uma igreja em que eu não preciso compartilhar "o que tenho em comum" com ninguém!

7. As mega-igrejas são apontadas como uma das causas desse "fenômeno desigrejad"o. Ele pode até ir uma vez ou nunca numa dessas igrejas enormes e ninguém notará a sua ausência no domingo seguinte.




Na divulgação do Censo 2010 veremos como o grupo dos desigrejados apresentará o maior crescimento no quesito “religião”. Talvez não seja o desafio do século, mas certamente é o desafio da década para a igreja contemporânea no Brasil e nos países ocidentais.

Mas, sinceramente falando, poucos foram os movimentos dentro da igreja na história pobre de substância do que o movimento dos desigrejados.

Fonte: Teologia Pentecostal

11 comentários:

  1. Acredito que as pessoas saem da Igreja por descobrirem outra realidade de vida, pensamentos novos... E outros para curtir o louco mundão, tipo tentar liberdade... Eu sou um desigrejado... Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Entendo seu ponto de vista... Porém, o assunto é muito mais simples que largar tudo ou crer num egocentrismo filosófico.
    Você usou bem o termo "a maioria" no item 2, entretando em todos os lugares encontramos personalidades por si diferentes.
    A questão é que a maioria dos homens não lêem as escrituras e se alimentam do que lhe dão...
    Vamos continuar a buscar praticar a simplicidade do Salvador e o que Ele nos ensinou...
    O que não pode ser aceitável é ignorar o que Ele fez por nós e continuar em um ambiente em que os líderes são os maiores culpados de mostrar com naturalidade que práticas da velha aliança ainda são eficazes.
    O sacrifício que o nosso Salvador fez, isso sim, é eficaz.

    Paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com seu comentário Ronald, a Palavra de Deus é simples e muito eficaz, a impressão que se tem hoje, é que precisamos quase nos formar em teologia para sermos salvos, e a obra da salvação, já foi consumada. As pessoas preferem comprar uma enciclopédia, do que buscar na Fonte original a verdade que liberta.
      Abraço!

      Excluir
  3. Olá meus queridos Irãos, Graça e Paz.

    Parabéns pelo blog, muito edificante. Como sempre tenho dito:
    que uma das formas para crescimento, tanto pessoal como espiritual
    é a leitura, é aprender uns com os outros em troca de conhecimentos.
    Aproveito a oportunidade para compartilhar o nosso blog, Mensagem
    Edificante para Alma. Um blog cristão com informações, Notícias, Músicas,
    Eventos em fim, tudo que move o mundo Gospel.
    Ficarei feliz por vossa visita e mais ainda se nos seguir-nos.
    Deus continue vos abençoando Ricamente
    Josiel Dias
    Mensagem Edificante para Alma
    http://josiel-dias.blogspot.com.br
    Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  4. Se ser “desigrejado” for:
    - Não querer fazer parte de uma denominação religiosa cujos líderes se atacam publicamente 24 hs por dia, colocando o povo das igrejas uns contra os outros;
    - levantar-se do banco no meio da pregação e ir embora por constatar que o pregador está usando a Palavra com segundas intenções
    - sair da igreja quando o púlpito for emprestado para políticos e suas campanhas mascaradas;
    - se sentir mal diante de tanta hipocrisia de pessoas que não vivem o que pregam, etc, etc,....
    A mente dos cristãos tem sido bombardeada por milhões e milhões de livros de teólogos, pastores, bispos, etc. Já não se Le mais a Bíblia, e sim, livros, CDs, DVDs, louvores dizendo que “tudo é permissão de Deus”, desculpe, mas não imagino Deus permitindo uma criança de dois anos sendo estuprada violentamente. É o homem e sua natureza corrupta e maligna quem faz isso, pois o próprio Deus, um dia se arrependeu de nos ter criado. A igreja católica antigamente vendia indulgências, hoje, todas as denominações vendem livros, ingressos de shows, etc. Os cristãos hoje trocaram o “conhecer Deus através da fonte da Palavra”, por “ ler sobre Deus através da interpretação de alguém que leu a Fonte da Palavra”. O termo desigrejado é só mais algum título para alguma forma de protesto dos cristãos, que preferem ficar em casa, e ler a Bíblia entre a família e seus entes queridos, do que correr o risco de sair por aí e ter sua fé corrompida por mercenários da Palavra.
    Sei que este comentário não será publicado neste blog, afinal aqui só tem elogios, talvez nem seja lido pelo moderador, mas dou glória a Deus por desigrejado não significar descrente.
    Comentário de um humilde desigrejado e miserável pecador!
    A paz!

    ResponderExcluir
  5. Querido Lucarfo, entendo perfeitamente seu ponto de vista mas deixo-te um versículo, que está em Hebreus 10.24-25 :
    E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e ás boas obras, não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.

    Você está mais olhando p/ a podridão do homem do que a grandiosidade de Deus. A Igreja é composta de e por pessoas e esta reúne o pior tipo de pessoas: nós, pecadores! Olhe para Cristo, se espelhe nEle, siga a Ele, ainda existem igrejas onde o genuíno Evangelho é pregado, não se deixe levar pelos que tropeçam, mas não deixe de congregar e ser participante do corpo de Cristo e, como disse Paulo aos Hebreus, nunca deixeis de congregar.

    ResponderExcluir
  6. Jesus disse : Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
    Apocalipse 3:20.
    Há pessoas e pessoas que buscam a igreja de Jesus Cristo( o seu corpo)porém os critérios humanos( vãs doutrinas)tem suplantado o Reino de Deus segundo a sua Palavra dando lugar a Satanás, o Opositor da vontade de Deus,favorecendo o afastamento de pessoas sinceras e machucadas pelo mundo muitas vezes,é difícil entender que a maioria das pessoas são vítimas do diabo através de suas ignorâncias quanto ao REINO DE DEUS? PECADORES SIM! EFETIVAMENTE CONDENADOS NÃO !Igreja perfeita nunca existiu mas a diferença entre mundo e igreja deve ser sim notória.

    ResponderExcluir
  7. AMADOS IRMÃOS,PEÇO QUE LEIA E DIVULGUE ESTA MENSAGEM SE O SENHOR ACHAR INTERESSANTE!.ATENCIOSAMENTE,




    MARCIO DE MEDEIROS-PROF. DE TEOLOGIA DO SEMINARIO DA FILADELFIA







    AMADOS IRMÃOS,EU TENHO ME PREOCUPADO COM CERTAS COISAS QUE VEM ACONTECENDO,EM NOSSAS IGREJAS!!!.O MEU OBJETIVO AQUI NAO E´JULGAR,E SIM COMPARTILHAR COM OS IRMAOS E EXTERNAR A MINHA INSATISFAÇAO,POIS EU SOU ZELOSO PARA COM APALAVRA DE DEUS E PROCURO PRESERVAR A SA DOUTRINA.
    CADA UM PENSA DE UM JEITO E TEMOS QUE APRENDER A CONVIVER COM A DIVERSIDADE DE OPINIOES E CRENÇAS,ENTRETANTO,COMO CRISTAOS QUE SOMOS TEMOS O DEVER DE PRESERVAR A SA DOUTRINA DE CRISTO!!!.
    EXISTEM IGREJAS BEM PERTO DE NOS QUE SAMBA LITERALMENTE,TEMOS NOTICIA DE PERFUME QUE EXORCISA,UNÇAO DO LEAO E OUTROS ABSURDO ORIUNDOS DOS CALDEIROES DA IGNORANCIA ESPIRITUAL E DO PAGANISMO MODERNO!.TEMOS IMPORTADO CONTANTEMENTE S SOMENTE PORQUE VIRAM OS OUTROS FAZEREM EM SUAS IGREJAS.NAO PARAM PARA QUESTIONAR,ANALIZAR E VERIFICAR SE AS SAGRADAS ESCRITURAS DETERMINAM ESTES ATOS E ATITUDES!.A DESCULPA E´:''ESTA TODO MUNDO FAZENDO PORQUE EU VOU SER DIFERENTE?''.
    MUITOS CRENTES ESTAO IGUAL O COMPUTADOR SO ARMAZENAM INFORMAÇOES,E NAO QUESTIONA.O COMPUTADOR NAO PENSA,APENAS EXECUTA UMA PREVIA PROGRAMAÇAO,SOMENTE EXECUTA O QUE ALGUEM DETERMINOU QUE ELE FIZESSE.DEVEMOS QUESTIONAR AS COISA!!!.
    TEMOS QUE RECORRER SEMPRE AO MANUAL DO FABRICANTE,A REGRA DE FE´E PRATICA QUE E´A BIBLIA SAGRADA!!!..
    AS IGREJAS ESTAO CADA VEZ MAIS INTRODUZINDO DE FORMA INCONSCIENTE PRATICAS DO PAGANISMO.ESTAMOS VIVENDO UMA EPOCA DE XEROX DO PAGANISMO E DE MODISMOS RELIGIOSOS!.VAMOS MEDITAR E TOMAR CUIDADO,EXAMINEMOS MAIS AS ESCRITURAS!!!. QUANDO VOCE LER ESTA MENSAGEM ME AVISE POR FAVOR.
    AMADOS MODISMOS,CONCEITOS,ACHISMOS E HERESIAS ORIUNDAS DE OUTROS PAISES,ESTAMOS VIRANDO ''MARIONETES EVANGELICAS''.O SENHOR JESUS NOS RECOMENDOU QUE EXAMINASSEMOS AS ESCRITURAS(MT22.29;JO5.39).TEMOS QUE SER CRENTES DE BEREIA(AT17.11).
    EXISTES MUITOS EVANGELICOS PRATICANDO ESTAS COISAS,ESTÃO IGUAL A IGREJA DE LAODICEIA,PRESTE A SER VOMITADA PELO SALVADOR.IRMAOS,PECO QUE DIVULGUEM ESTA MENSAGEM PARA QUE OUTRAS PESSOAS SEJAM EDIFICADAS.GRAÇA E PAZ.

    ME AVISE QUANDO A RECEBER.


    MARCIO DE MEDEIROS-PROF. DO SETEF-SEMINARIO DA FILADELFIA

    ResponderExcluir
  8. É o tal negócio, os sete espíritos voltam e atormentam a pessoa até ela parar! Mas para vencer isso é necessário abandonar muitas coisas, o ego, a presunção um veneno (o hábito de julgar os outros e olhar só para o que é ruim). O espírito de Diótrefes aquele que queria ser importante... enfim, falta de fé, não acreditar na idoneidade dos servos de Deus.

    DEUS não chamou anjos perfeitos para pregar o Evangelho, mas homens falhos. Essa declaração aprendi com o apóstolo Marcos Belle.

    ResponderExcluir
  9. O negocio é que os lideres cobram muito e eles mesmo querem baixa fresca. Os lideres se acham deuses e com isso julgam as pessoas e não usam a misericordia. Uns prometem o mundo eo fundo e nada acontece. Eu poderia citar varios fatores para os desigrejados, qto a rebeldia é uma minoria.

    ResponderExcluir
  10. não -os vejo como desistente da fé , mas dos lobos devoradores porque igrja tem sido um comercio ,ja não se prega mais a salvação em CRisto... e sabemos que nós somos a igreja que Cristo habita em mim não em paredes!!!

    ResponderExcluir

Você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...